quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Código Secreto do Swing - Continuação...

Continuando a falar sobre o Código Secreto do Swing... 

Outra coisa que percebo é que o convite dentro de um relacionamento entre casais swingers geralmente é feito pela mulher. Alias a mulher tem papel de destaque. Ela é o termômetro da brincadeira, quem toca de forma suave o braço da “paquera” e aí é ela quem decide se entra para o divertimento ou se prefere ficar só olhando e se divertindo a dois mesmo.

O Bi-feminino não é apenas aceito como também é bastante procurado e desejado por muitos casais, o exibicionismo também é algo presente e latente no swing, e o fato dela ou dele estar encima de um “balcão de bar” dançando e tirando a roupa de forma sensual e provocativa, não quer dizer que é só você chegar e levar. O convite sempre deve ser feito e aceito.

Existem diversas variações dentro do relacionamento swinger:
  • Tem casais que gostam de trocar de casal no mesmo ambiente
  • Tem casais que gostam de trocar de casal, mas em ambientes diferentes,
  • Tem casais que gostam de “brincar” a três apenas com mulheres.
  • Tem casais que gostam de “brincar” a três apenas com homens.
  • Tem os exibicionistas que gostam de fazer sexo para os outros assistirem,
  • Tem os que gostam de brincar na sala coletiva, onde ficam vários casais transando ao mesmo tempo, mas sempre cada um respeitando o limite de cada um.
  • Tem os que gostam do labirinto onde á principio só fica o casal dentro de uma cabine enquanto quem tá lá fora fica tocando quem está lá dentro.

 A amizade é fundamental, muitos casais com estilo de vida swinger são grandes amigos mesmo fora do “meio”.

Muitas “paqueras” começam via MSN para depois de um tempo realmente acontecerem o encontro na vida real, que normalmente ocorrem em lugares públicos como barzinhos.
Existe também o “swing digital” que são aqueles que se exibem pra outros casais por webcam, alguns falam que é uma ótima preliminar para o sexo. 

As dicas e recomendações abaixo apresentadas devem ser seguidas como "regras de etiqueta" em um relacionamento Swinger, mas como em qualquer relacionamento, não são "leis" ou "receita de bolo". São mais orientações de boas maneiras:  

1 - Seja cortês - Todos nós queremos ser tratados como pessoas, não como objetos e a cortesia será agradecida por todos. Trate todos com consideração, sensibilidade e discrição. Lembre-se de uma regra de ouro: Trate os outros como deseja ser tratado.

2 - Seja amável - Mesmo que não lhe interesse ter uma experiência sexual com determinado casal ou pessoa, respeite seus sentimentos, porque, provavelmente serão pessoas interessantes e que podem lhe proporcionar outro tipo de relacionamento.

3 - Esteja preparado - Se vocês decidirem concretizar um encontro com alguém para swing ou ménage, vá preparado para o encontro. Leve preservativos, pente, batom, pasta e escova de dentes, etc...

4 - Observe os sentimentos dos outros - Verifique se sua esposa(o) e o outro casal (ou pessoa) estão relaxados ou tensos, para que desta forma, você possa dissipar com um momento de bom humor ou com uma conversa mais amena qualquer coisa que possa incomodar aos outros. Lembre-se, nem todos pensamos ou sentimos da mesma forma.

5 - Não seja insistente - Se alguém incluindo sua esposa(o) diz NÃO, não pergunte PORQUE? Pois apesar de tudo, ser um swinger significa liberdade de ação e de escolha, tanto para você como para os outros. Evite qualquer situação que possa fazer os outros se sentirem forçados a fazerem algo.

6 - Aceite apenas o que seja divertido para todos - Lembre-se que a idéia é esta, divertir-se e passar momentos agradáveis. Não tente impor sua forma de pensar, nem crie polemicas acerca das idéias dos outros, porque o que poderia ser um encontro extremamente divertido pode acabar em discussão, que não conduz a nada.

7 - Cuidado com pessoas desonestas - Faça sempre o primeiro contato em um lugar público (Clubes, bares, restaurantes, boates, etc...), sem nenhum compromisso formal, conversem bastante, deste modo qualquer suspeita pode ser desfeita ou confirmada. PENSE BASTANTE ANTES DE FORNECER O SEU TELEFONE OU O ENDEREÇO DA SUA CASA.

O erótico e o prazer é algo buscado pelo Swing. E o mais importante o respeito é algo que sempre é levado em consideração...

Para delirar: 50% OFF em Curso de Pompoar + Livro de Brinde

Para delirar: 50% OFF em Curso de Pompoar ou Strip-Tease ou Massagem + Livro - Pompoar: Prazer & Saúde de R$ 380,00 por R$ 190,00

Apresentação
É com muito prazer que oferecemos para você, mulher inteligente que busca inovar e surpreender, uma oportunidade incrível de renovar sua sensualidade com três horas intensas e inesquecíveis de dicas e exercícios práticos sobre como conquistar e seduzir quem você deseja.
  • Cada curso tem cerca de 3 horas de duração.
  • O treinamento manterá sua identidade sigilosa, confidencial com toda discrição que você, mulher moderna e antenada, merece.
  • O local para ser realizado é opcional e será negociado com a instrutora. Poderá ser na casa da cliente ou na escola.
  • O treinamento é exclusivo para mulheres.
  • É necessário agendamento prévio.
Regulamento
  • Você fará por R$ 190 um dos três cursos: Pompoarismo, Strip-Tease ou Massagem Sensual. Em qualquer um deles você ganhará o livro Pompoar: Prazer & Saúde.
  • Para o curso é necessário estar com roupa leve, como short ou calça de ginástica. O curso tem duração de 3 horas em média e são feitos vários exercícios práticos.
  • A aula pode ser feita na casa da aluna e deve ser agendada com antecedência.
  • Validade do cupom: 25 de março de 2011.
  • Esse curso é só para mulheres.
  • Condições e restrições: Proibido para menores de 18 anos, recomendado o uso de uma roupa de ginástica ou biquíni no dia do curso.
  • Válido para a Capital de São Paulo e Grande SP.

Esta e muitas outras ofertas você encontra no mais novo site de compras coletivas do Brasil!!

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Código Secreto do Swing

Tenho recebido diversas perguntas via twitter, formspring.me, facebook todas falando sobre um assunto em comum: O Swing.  São duvidas tanto de homens quanto de mulheres, pessoas que querem saber como “funciona”, outras querem saber como convencer o parceiro ou parceira a participar entre outras...

Por isso decidi fazer uma seqüência de postagens sobre já que o assunto rende muita curiosidade...

O swing tem suas próprias “leis” e para quem sempre teve curiosidade de desvendar um pouco sobre esse estilo de vida chegou à vez de saber que ao contrario do que muitos pensam (e até para decepção de alguns), swing não é festa do cabide e essa história que ninguém é de ninguém simplesmente não existe.
Quem esta de fora pensa que casais swingers são como coelhos, que vivem fazendo sexo em tudo quanto é canto e com todo mundo, doce ilusão!


São casais muitas vezes “acima de qualquer suspeita”, donas de casa, esposas e maridos que buscam seus filhos na escola, colegas de faculdade, de trabalho, vizinhos e etc...

Nos relacionamentos não existem certezas absolutas, as pessoas mudam de opinião conforme a época e suas experiências, ter um casamento aberto ao ponto de ter uma terceira ou quarta pessoa dividindo a cama com vocês não é uma coisa fácil, não é o tipo de coisa que agente diz: “Hoje acordei com uma vontade de chamar a vizinha do 82 para fazer um ménage com a patroa, espera ai que eu vou interfonar lá e ver se ela topa.”


Além de todo o peso do moralismo que a sociedade impõe aos casais sobre a questão da monogamia tem a questão psicológica individual que vocês vão enfrentar... 


Casais quando não estão tão maduros tem sempre algum problema que atrapalha o swing:

- ou um deles tem ciúmes,
- ou a inexperiência fala mais alto e o nervosismo atrapalha,

- ou o casal entra dizendo querer swing e durante o ato busca apenas um dos lados do casal, fazendo ménage feminino ou masculino disfarçado,


Ainda tem aquele casal que entrou no swing para salvar seu casamento! Swing não é tabua de salvação para relacionamentos.


Um exemplo: O casal está há meses sem transar, ai um dos dois vem propor irem juntos em uma casa de swing. Resultado: Não vai dar certo


Você tem que entrar para o swing pelos motivos certos, tem que ser uma fantasia dos dois, o relacionamento tem que estar legal e maduro. Não force nada (lembre-se: tudo é permitido, mas NADA É OBRIGATÓRIO). A brincadeira sempre tem que ser gostosa para ambos e respeitar os limites de cada um é fundamental.

Se tem uma coisa que aprendi, com minhas experiências e com os relatos de minhas alunas é que não existe “certo” ou “errado” no sexo. Existe sim aquilo que é bom para mim, bom para você, bom para sua esposa e por ai vai...


Não vou fazer um discurso falso moralista dizendo para não fazerem ou desistir da idéia, pois sei que esta é uma fantasia que a maioria dos homens, (e mulheres também...) pensam ou pensa em um dia realizar, mas existem alguns pontos a serem observados para que a festinha de vocês tenha sucesso e possa haver muitas outras mais:


1º Ponto – Já que estamos falando em múltiplos parceiros CAMISINHA SEMPRE, e isso não é discutível muito menos negociável: PROTEJA SUA VIDA E DE SUA ESPOSA.


2º Ponto – VOCÊ: Partindo do principio que você já topa a brincadeira, está realmente preparado para ver sua mulher com outra ou outro e interagir. Pois no caso de um ménage masculino não pense que na hora do “fervo” não vai haver alguns toques acidentais no outro cara, mesmo que você seja heterossexual convicto ao melhor estilo “DOURADO do BBB” de ser. E ser for “voyeur” e preferir ficar só assistindo vai sentir-se a vontade com isso sem neuras ou encanações posteriores, pois sempre há a possibilidade de ela se divertir mais do que você imagina...

3º Ponto – ELA: Partindo do principio de que ela foge do assunto, será que essa é uma fantasia que ela quer tirar da imaginação e tornar real? Caso sim, os pontos a serem observados são os mesmos que você, com um detalhe a mais, se ela quiser “brincar” com outra menina no caso de um ménage feminino, já esta madura a questão da bissexualidade dela, ela vai sentir-se a vontade com isso?


4º Ponto – PARCEIROS: Sejam extremamente seletivos, afinal vocês estão trazendo essa pessoa para compartilhar a intimidade de vocês, procurem conhecer mais sobre o assunto e uma visitinha a uma “Balada Liberal” é bem vinda. Uma vez lá dentro vão perceber que os freqüentadores são pessoas exatamente como vocês, que trabalham, estudam, tem filhos e não é à toa que as melhores casas buscam a máxima discrição de seus clientes, pois esta ainda é uma fantasia que muitos dos que põem em pratica preferem esconder, já que esse não é um assunto a ser discutido na macarronada de domingo na casa da sogra. Procurem uma pessoa que os dois tenham afinidade e confiem. Uma vez lá dentro o clima sugestivo pode ser o empurrãozinho que falta para quebrar as ultimas barreiras...

Pensa que acabou? Ainda tem mais...

Bjocas da Lu Riva(^_^)!!

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Turbilhão 2010

O Ano de 2010 foi intenso, cheios de realizações e falando do ano de 2010 em uma só palavra foi um “Turbilhão”. Comecei o ano de 2010 terminando de escrever meu livro, promovendo vários cursos e workshop, fazendo o registro na biblioteca nacional e eis que em Abril nasce o meu primeiro livro como um sol “Pompoar: Prazer & Saúde:
E mais uma vez na Erotika Fair: O privilégio de conhecer pessoas muito interessantes:
Conquistei o mundo e principalmente Portugal:
Vários workshops e cursos por todo Brasil:
Na Erotika Fair mais um lançamento:
Tarde de autografo na Hot Fair:
Participação de vários programas e eventos muito importantes:
Ministrei aulas especiais de dança do ventre:
Foram tantas emoções que meus gatinhos disseram se eu continuar viajando eles vão mudar de casa. O que eu posso esperar de 2011? 

Feliz Ano novo!!!

Bjocas da Lu Riva (^_^)!!